segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Saga Twilight "Amanhecer"

E ontem lá me arrastei até ao cinema, com uma prévia paragem obrigatória no Starbucks, para ir ver o novo filme da Saga Twilight: Amanhecer - Parte 1! Ora bem, se há coisa que me irrita é haver parte 1 e 2 nos filmes...que nervoooooos!!! Quero ver tudo, saber o fim da história...(que já sei porque li os livros, mas como diria minha querida Teresa Guilherme, "isso agora, não interessa nada!").

Pois diz que sim, que aquilo é um amor extraordinário, fenomenal mesmo, eu diria...inigualável! Ela é engraçadita, sempre a fazer disparates, a cair em todo o lado, a correr perigo a toda a hora...e encontra-o a ele! Um rapaz lindo, inteligente, culto, rico, misterioso, lê mentes....só tem um senão coitado...é vampiro! Mas também...o rapaz não podia ser perfeito, pois não???

E este Deus grego, que por acaso, é vampiro (o que é que isso interessa..Só de olhar para ele a pessoa quase que implora para ser mordida...) vai-se perder de amores por uma rapariga banalíssima! Ela também gosta dele, não digo que não...mas sempre, sempre, sempre indecisa entre ele e aquele Jacob!...IRRITANTE, a Bella!

Uma pessoa lê os livros, vê os filmes e o que fica mesmo é o amor do Edward pela Bella, não é o dela por ele, nem a sua reciprocidade (que para mim não existe!)...É o dele por ela e ponto final!

E não é isso com que todas as mulheres sonham? Com um homem daqueles? Estarmos em perigo e ele aparecer para nos salvar?? Qual príncipe num cavalo branco...se for um vampiro num volvo, também serve! E todo aquele romantismo, mon dieu...dá-me suores, tremeliques e faz-me pensar que talvez um dia eu me venha a apaixonar assim!...

Pronto, está bem! Não é preciso conseguir ler mentes nem voar, nem ser imortal...tudo o resto pode continuar igual! Tudo menos a parte de nunca dormir, credo! Tinha de dormir, óbvio! Qual é a piada de ele passar as noites a olhar para mim enquanto durmo, a ver-me de boca aberta e a babar-me...hum, pois, nenhuma!

Onde é que eu ia?? Ah! Já sei! Edward, meu querido, como não existes, vou ter de me contentar com o Robert Pattinson...Robert, meu querido, já tens o meu contacto...Aguardo ansiosamente!

1 comentário:

Duda disse...

Vamos pedir ao Pai Natal um amor desses para nós as duas (sim, cada um puxa a brasa à sua sardinha). Beijinhos